Excesso de afeto na relação nem sempre é saudável: o que é love bombing?

Afeto demais pode afetar mesmo? Sim, demonstrações de afeto são importantes na construção de um relacionamento saudável e amoroso. Carinho é bom, mas tudo demais é veneno. Esse é o nosso tema desta semana, com pesquisa feita no site MinhaVida.

Afetos podem ser feitos por meio de mensagens carinhosas, presentes ou até mesmo muita atenção no dia a dia. O problema se dá quando há excesso de romantismo na relação, prática conhecida como love bombing.

O bombardeio de amor, como é traduzido o termo, consiste na demonstração excessiva de carinho como meio de manipular a outra pessoa. O comportamento pode ser observado em um indivíduo que está constantemente elogiando, enviando presentes diversos e até inusitados e bombardeando o outro com mensagens românticas. Cuidado!

“A demonstração de afeto em si não é problemática, pelo contrário, é importante para que o indivíduo se sinta querido. Contudo, é considerável se alertar em como essa demonstração está sendo feita, se existe uma demanda acima do normal”, explica Mônica Machado, psicóloga e fundadora da Clínica Ame.C e pós-graduada em psicanálise e saúde mental pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein.

Mas o que há por trás do love bombing?

De acordo com Mônica, o love bombing é uma prática comum por trás de relacionamentos de pessoas com transtorno de personalidade narcisista. A princípio, a pessoa alvo do comportamento fica encantada com o parceiro, se sentindo amada e desejada de um modo que nunca foi antes. Narcisistas podem proporcionar experiências aos outros, mas as outras ações ocorrem visando apenas o bem-estar pessoal.

O exagero nas demonstrações busca somente elogios e admiração. “A bomba de amor pode ser utilizada pelo narcisista como método de manipulação e atração. O sujeito narcisista necessita de alguém que o coloque em um pedestal, o venerando — e toda vez que esse requisito não for cumprido, ele parte para uma nova tentativa”, aponta Mônica.

Como identificar o love bombing?

O love bombing é mais comum de acontecer no início do relacionamento, como uma forma de impressionar o outro. As demonstrações podem incluir mensagens carinhosas, áudios com declarações de amor e presentes sem motivo especial. Ele é marcado especialmente pela frequência com que ocorre. Fique atento.

“Como comportamento problemático, pode se indicar a promoção de uma sensação de grandiosidade no outro, que é um aspecto latente dentro da denominação de um comportamento de ‘love bombing’. A pessoa elogia, mima e demonstra uma grande admiração ao próximo, que por sua vez se sente especial”, detalha Mônica.

A longo prazo, embora a pessoa se sinta bem no início, o comportamento pode provocar sensação de sufocamento ao outro, que se sente pressionado a retribuir as demonstrações. “Existe uma demanda enorme que foi concedida para o parceiro e em algum momento pode ser cobrada. A pessoa promove no outro uma postura de ‘salvador’ desse relacionamento”, acrescenta a psicóloga.